(11) 2056-2359 Whatsapp (11) 96459-0989

Estética e Cosmética: como cuidar da pele no verão?

Chegou o período do ano em que a nossa pele fica mais exposta ao sol. Como se proteger sem deixar de aproveitar a estação? Conforme a coordenadora do Curso de Estética e Cosmética da FSG, Franciele Zanol, produtos com fator de proteção solar (FPS) devem ser utilizados durante o ano todo. O que muda no verão é a indicação de um FPS maior e da reaplicação para quando se fica por bastante tempo exposto.

Os cuidados são importantes, já que os raios solares podem acelerar o processo de envelhecimento da pele. E não apenas isso:

– A radiação UV também pode induzir a formação de manchas e causar lesões que podem se tornar malignas, como o câncer de pele – alerta a mestre em Biotecnologia e especialista em Biomedicina Estética e Microbiologia Clínica. 

Alimentação

Por aumentar as defesas, a alimentação é uma aliada. Segundo a professora, consumir alimentos que contêm antioxidantes garante proteção contra os radicais livres.

– Alimentos com vitamina C, E, betacaroteno e licopeno não podem faltar no verão. Entram para a lista a cenoura, o tomate e as frutas cítricas – indica.

Bronzeado de arrasar

Não é verdade que usar protetor solar prejudica o bronzeado. Franciele explica que a maioria dos protetores age contra os raios UVB, que atingem a camada mais superficial da pele, ocasionam queimaduras e aumentam os riscos de desenvolver câncer.

– No entanto, os raios UVA, responsáveis pelo bronzeamento e fotoenvelhecimento, não são bloqueados completamente, sendo absorvidos livremente.

Para quem tem pressa, os produtos autobronzeadores são boas opções. Eles têm compostos que reagem com as proteínas da pele e liberam um pigmento marrom.

– São atóxicos, não causam danos às camadas mais profundas do órgão e, na maioria das vezes, não são alergênicos – acrescenta a professora.

Oleosidade

Quem tem pele oleosa sofre ainda mais no verão, graças ao aumento da atividade das glândulas sebáceas. Esse efeito pode ser contornado com o uso de cosméticos específicos que contenham compostos como argila, ácido salicílico, vitamina E, zinco e ácido lactobiônico.

Cicatrizes

Um dos mitos relacionados ao sol se refere à cicatrização. A exposição não auxilia o processo e ainda pode dificultá-lo, por induzir a produção de radicais livres. Além disso, Franciele acrescenta que se expor demasiadamente pode baixar a imunidade.

Maquiagens

Atualmente, muitas maquiagens se enquadram na classe de dermocosméticos: além de maquiar, protegem a pele de agressões externas, com versões oil control para controlar a oleosidade. Também é preciso lembrar-se de cuidar dos cabelos e lábios.

– É importante considerar a base cosmetológica utilizada no desenvolvimento do protetor labial. O ideal é que contenha agentes hidratantes – defende a professora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *